vento

Eu vi o vento: nos cabelos de uma mulher esguia, na toalha de linho branco. O céu colorido anoitecia. Um homem sujava a barba com migalhas e gordura da comida. Tinham certa imponência os objetos, bandeija de prata, taças de cristal que em algum momento se quebrariam. Eram muitas pessoas, umas dez, mas no início só essas duas. Bebiam vinho, convidavam Dionísio, ele vinha, algo grande e absurdo acontecia. Violência verbal, depois amor, e a noite. Velas num recipiente de vidro, os rostos pobremente iluminados pela luz. Uma criança dorme no meio da mesa, mas isso eu vi agora.

Anúncios

One thought on “vento

  1. vento nos cabelos; mulher esguia; toalha de linho branco; céu colorido; noite; bandeja de prata; taças de cristal… muitas pessoas… crianças… em algum momento desde que começamos a brincar com esta idéia, eu vi essas coisas também!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s